Antecipação de recebíveis ou empréstimo: qual é melhor opção?

Antecipação de recebíveis ou empréstimo: qual é melhor opção?

Qual é a melhor opção para captar recursos financeiros, optar pela antecipação de recebíveis ou empréstimo?

Essa é uma pergunta corriqueira nas empresas.

Isso porque, muitas vezes, o gestor financeiro precisa tomar a decisão de buscar recursos externos para não perder uma oportunidade que chegou em um momento onde o fluxo de caixa não está bom.

Em outras ocasiões, se faz necessária a busca por capital de giro para ordenar as contas e seguir sem maiores dificuldades.

Em ambos os casos é preciso buscar recursos com taxas atrativas e que possam rapidamente estar disponíveis.

Vem, então, a dúvida, qual a melhor opção? Antecipação de recebíveis ou empréstimo?

Nesse artigo vamos apresentar as diferenças entre eles e como fazer essa escolha. Continue lendo!

Como funciona o empréstimo?

 

O empréstimo é um acordo realizado entre a sua empresa e um credor que, geralmente, é uma financeira, banco ou empresa simples de crédito, onde você pega uma determinada quantia em dinheiro com a promessa de pagar no futuro, com o acréscimo da taxa de juros.

Normalmente, ele tem parcelas predefinidas.

Como funciona a antecipação de recebíveis?

 

A antecipação de recebíveis é diferente do empréstimo.

Imagine que sua empresa precise fazer algum pagamento imediato e não tenha dinheiro em caixa.

Suponha ainda que ela tem duplicatas ou cheques que foram emitidas contra clientes para pagamentos futuros.

Apesar de não ter dinheiro imediato, a empresa possui créditos a receber.

Na antecipação de recebíveis esses títulos (duplicatas/cheques) podem ser trocados e revertidos em dinheiro, com o desconto da taxa cobrada pela operação.

Portanto, diferente do empréstimo, onde existe uma promessa de pagamento futuro, nesse caso o pagamento é realizado através da troca do título (um valor futuro que já é da sua empresa) pelo dinheiro.

Quais as instituições prestam esse serviço?

 

A antecipação de recebíveis é realizada por alguns bancos ou factoring/fdic.

Os bancos, normalmente, exigem que a empresa seja correntista e tenha movimentação de conta com a instituição, já as factoring/fdic não possuem essa obrigatoriedade.

As factoring/fdic são empresas especializadas em soluções financeiras, entre elas a antecipação de recebíveis, e possuem taxas menores do que a dos bancos.

Antecipação de recebíveis ou empréstimo: qual é melhor?

 

Como já mencionado, o empréstimo é realizado mediante uma promessa de pagamento futuro dos valores acrescidos de juros aos bancos.

Já a antecipação de recebíveis é um adiantamento dos valores dos títulos que seus clientes devem a sua empresa e que, a partir da troca com a instituição financeira, passam a não pertencer mais ao seu negócio.

Na troca dos títulos, o pagamento é efetuado diminuindo-se do valor total das duplicatas, a taxa de deságio cobrada pela transação.

Além desse ponto positivo para a antecipação de recebíveis, ainda é preciso comparar outros três fatores:

Taxas

 

As taxas da antecipação de recebíveis são menores que as do empréstimo, em função da diminuição dos riscos de recebimento.

Além disso, se a sua operação for realizada junto a uma fintech, as taxas caem ainda mais, uma vez que a estrutura e custos desse tipo de instituição é menor que a dos bancos.

Burocracia

 

Normalmente, os empréstimos exigem garantias e a apresentação de inúmeros documentos e comprovantes para que possam ser finalizados.

Além disso, nos empréstimos os contratos são assinados pessoalmente, exigindo que o representante legal da empresa se dirija ao banco para essa função.

No caso da antecipação dos recebíveis, esta situação não ocorre, uma vez que toda a documentação pode ser enviada digitalmente.

Em alguns casos até mesmo a assinatura do contrato é feita remotamente.

Processos facilitados

 

Os processos de um empréstimo, em regra geral, são mais complicados e demorados, muitas vezes os valores só são liberados no outro dia, após a análise e aprovação dos profissionais do banco.

A antecipação de recebíveis é mais ágil, já que sua empresa envia os documentos digitalizados via um sistema próprio para isso e, após a aprovação da factoring/fdic (que é realizada em curto tempo), os valores são liberados.

Diante de todos esses fatores, você tem alguma dúvida entre optar pela antecipação de recebíveis ou empréstimo?!

As diferenças são grandes e é por isso que as fintechs se transformaram em um sucesso no Brasil.

Em resumo, é sempre muito vantajoso optar pela antecipação de recebíveis no lugar de empréstimos.

Agora que você já sabe qual a melhor operação financeira, que tal ler também como funciona a antecipação de recebíveis online?

 

(Imagens: divulgação)

 

Saiba como podemos ajudar você e sua empresa!

Entre em contato conosco e descubra.